Hide and Seek | Vídeo

Na cadeira de Introdução ao Vídeo, que integra o meu curso de Artes Plásticas, foi-nos proposto como projecto final um vídeo da nossa autoria com as seguintes orientações, tendo em consideração que o tema era livre:
1. Vídeo de duração não inferior a 3 minutos e não superior a 6 minutos;
2. Vídeo com filmagens da vossa autoria, ou que combine filmagens originais com outras apropriadas.
Deveríamos apresentar uma sucinta memória descritiva ao docente.
A apresentação dos projectos finais decorreu no auditório da ESAD.CR, sendo a sua visualização aberta a todos.

O projecto de vídeo intitulado como “Hide and Seek”, é um projecto que aborda termos como a luz, o reflexo, a sombra e o espaço. É um projecto que ainda está em desenvolvimento, e que foi apresentado apenas uma parte em que a abordagem destes termos é formulada através de esculturas de espelhos. Uma composição visual onde se inserem várias visualizações de diferentes perspectivas do reflexo, da luz, do espaço e da sombra, onde existe uma interacção entre estes.

Filme Português de Goulart, em estreia, nos EUA!

 

 

A sétima obra de Rui Goulart, datada de 2008, estreia-se hoje nos cinemas Laemmle Teathers, em Beverly Hills.

As ambições de um realizador, que constitui o filme ” 1ª Vez 16 mm”, concretizaram-se. 

O filme estará em exibição durante uma semana em Los Angeles, depois de ter passado pelas salas nacionais e por festivais como a 33ª Mostra de Cinema de São Paulo ou o Festival Les Reflets, de Lyon.

Protagonizado pelo próprio Rui Goulart, conta ainda com a espanhola Marisa Paredes ou o maestro Victorino d’Almeida.

 

Sinopse: Miguel, um diretor estreante, e sua jovem equipe vivem uma série de tribulações durante as filmagens de seu primeiro longa-metragem, que se passa em Lisboa, Veneza, Paris e Madri. Sem dinheiro mas com uma grande vontade de realizar o filme, eles escolhem um formato mais barato, o 16mm, e se aventuram em um projeto no qual são quase os únicos a acreditar.

Créditos:

diretor
Rui Goulart
roteiro
Rui Goulart
fotografia
Vasco Riobom, Alexandre Gonçalves
montagem
Pedro Pinheiro
elenco
Rui Goulart, Ana Reis, José Miguel Monteiro, Marisa Paredes
produtora
Chiado Terrasse Filmes
140 minutos
color, 35mm

 

Director:

Rui Goulart

Nasceu em Luanda, Angola, em 1962. Diretor e produtor independente, já dirigiu dois curtas-metragens, entre eles Pensão Internacional (2002, 27ª Mostra), selecionado pelo Festival de Veneza. Seu primeiro longa-metragem, Em Obsessão (1988), integrou a seleção do Festival de San Sebastian. Dirigiu na sequência mais três longas-metragens: Fábula em Veneza (1991), Abstracto (1997) e Sem Destino – Lisboa Los Angeles (2000). 1ª Vez 16mm é seu quinto longa-metragem.

– Semana das Artes ’10

SEMANA DAS ARTES

 

03 a 07 de Maio

 

Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas

12ºB

 

 

Inúmeras actividades, entre elas, interacção de mimos
e pequenas peças de teatro, actividades no Museu de Sta M. Lamas,
instalação, exposições, roteiro do desenho, filmes,
dança, e muito mais, nos teus tempos livres!
 

– Um Vídeo Altamente : “TELEMORAL”

Hy !

Ainda não tenho aqui elementos visuais deste projecto , mas tinha que vir aqui partilhá-lo com vocês !

Adianto-vos que é um projecto espectacular e que, mais uma vez, foi-nos dada total liberdade no subtema , já que o tema era a Responsabilidade Social.

Este projecto consiste na realização e edição de um vídeo, sendo tudo realizado por nós e todos os cargos sendo rotativos. Assim , todos somos actores, realizadores, argumentistas e técnicos.

Já que este projecto consistia em abordar a Responsabilidade Social num vídeo, decidimos abordar este tema de uma forma cómica. Assim, baseado num programa cómico surge o ” TELEMORAL. Um telejornal que contém duas reportagens acerca da responsabilidade social, abordando o vandalismo na escola e os comportamentos menos adequados a ter em público como o estar a namorar ( beijos e beijos, por exemplo). Este “TELEMORAL” remete-nos também para os anos 60 e 70.

Assim, todo o processo foi muito mais interessante. Ao escrevermos o guião pesquisamos acerca destes temas e os “crimes” que existiam neles, como no sector da caracterização das personagens também tivemos que nos informar novamente, assim como arranjar as roupas e até atitudes das típicas décadas anteriores.

O grupo está a funcionar realmente bastante bem, e tem revelado um empenho enorme. E, acima de tudo, o grupo está a divertir-se imenso, o que torna o projecto muito mais espontâneo. Desde acções como a escrita do guião, ou até a montagem do sistema de um “teleponto” à caracterização das personagens até como as filmagens.

O grupo através de uma pequenina apresentação à turma, da primeira reportagem, conseguimos testar os seus espectadores em relação ao objectivo do grupo. E objectivo alcançado, já que o público riu-se e riu-se bastante!

Neste momento, ainda estamos em edição de vídeo, mas logo que este esteja pronto venho aqui publicá-lo para que toda a gente tenha o enorme prazer de o visualizar e de dar umas boas gargalhadas!

Até lá :p